Publicado em:
14
6/2017

As muitas referências do Verão Cristófoli marcam presença na Francal

Coleção foi buscar inspiração no romantismo vintage, anos 80 e cultura africana.

Os modelos da coleção primavera-verão 2018 da Cristófoli têm influência de referências criativas bem distintas, mas que “dialogam” entre si, compartilhando elementos umas com as outras. A proposta é reforçar a importância do diálogo pois, é por meio dele que é possível evoluir as ideias e expandir o conhecimento. “Assimilar novas ideias é fundamental para oxigenar o cérebro e desenvolver melhor”, afirma o diretor criativo da marca, Danilo Cristófoli.

Para a temporada, são apresentadas tendências como o Romantismo Vintage, que traz elementos dos anos 40 e 50, ultrafemininos e delicados, tons pastel, laços e pedrarias muito refinadas; Summer Minimal, que aposta no minimalismo e sua mistura com o esportivo criando modelos com solados confortáveis, sandálias “limpas” e elegantes, flatforms com tiras largas e muitos tons de azul; Pop Oitentista, com meias patas poderosas e tons de pink com metais reluzentes, e couros metalizados com efeito craquelê; African Party, com motivos étnicos em ráfias aplicadas a saltos e meias patas, cores primárias muito fortes e mix de couros em tons de preto e vermelho em modelos de salto médio.

A coleção foi pensada justamente no ecletismo da mulher contemporânea, que é bombardeada por milhares de referências todos os dias pelas redes sociais. A vontade de ter diferentes estilos de vestir faz com que ela busque elementos mais palpáveis para criar composições que ela vê na tela do smartphone.

“Oferecer a possibilidade dessa mulher poder ser quem ela quiser, com a ajuda de um sapato ou uma bolsa é uma de nossas missões, vindo sempre lado a lado com o conforto, a beleza e a praticidade”, comenta Danilo. “Sapato não é acessório, é item fundamental na construção de um visual. Ele ajuda a transmitir uma mensagem ao expectador, informando sobre a personalidade de quem o usar”.

Fonte: Primeira Página / Cristófoli